Robert Capa and the Spanish Civil War - Magnum Photos

I would never dare to deny the fact that Cartier-Bresson is indisputably the greatest master of the twentieth century photography. There is no other like him. Capa, however, is my favorite artisan of this medium. His work doesn’t have, and this is also a fact, the refinement of Cartier-Bresson. His images are almost brutalist.  

This is especially true in his work during the Spanish Civil War. However in each one of his photos is possible to notice that there’s no voyeur behind the lens in search of the suffering of others to sell “reality”, but a committed anti-fascist. For that, Capa’s photography is one of the few with the ability to remember us of what is worth to fight for.


**********

Eu nunca me atreveria a negar o fato de que Cartier-Bresson é, indiscutivelmente, o maior mestre da fotografia do século XX. Não há outro como ele. Capa, no entanto, é o meu artesão favorito deste meio. Seu trabalho não tem, e isso é também fato, o refinamento de Cartier-Bresson. Suas imagens são quase brutalistas.

Isto é especialmente verdadeiro em seu trabalho durante a Guerra Civil Espanhola. No entanto, em cada uma de suas fotos é possível perceber que não há nenhum voyeur atrás da lente, em busca do sofrimento dos outros para vender a “realidade”, mas um comprometido anti-fascista. Graças a isso, a fotografia de Capa é um das poucas com a capacidade de lembrar-nos do que vale a pena lutar.